Today: Sunday 20 June 2021 , 5:55 pm


advertisment
search




Igreja Cristã Reformada Avivalista

Ultima atualização 4 Day 38 Visualizações

Advertisement
In this page talks about ( Igreja Cristã Reformada Avivalista ) It was sent to us on 16/06/2021 and was presented on 16/06/2021 and the last update on this page on 16/06/2021

Seu comentário


Coloque o código
 
{{Info denominações cristãs
name = Igreja Cristã Reformada Avivalista
image =
caption =
main_classification = Protestante
orientation = Reformada continuacionista
founder = Pr. José de Anchieta Fraga Carvalho, Pr. Arnaldo Ochotorena Penna e Pr. Nilson de Pinho Ladeira
leader = Pr. Arnaldo Ochotorena Penna (2020-atualidade).
founded_date =
founded_place = Vila Velha, Espírito Santo, Brasil.
separated_from = Igreja Cristã Maranata
separations =
2020: Igreja Filadélfia Avivalista;
2020: Igreja Evangélica Renovados em Cristo.
parent =
associations =
area= 13 Países: Brasil (12 Estados e DF), Argentina, Bélgica, Bolívia, Canadá, Chile, Espanha, Estados Unidos da América, França, Itália, Portugal e Reino Unido (Inglaterra).
church =
congregations = Mais de 80 templos e congregações .
members = Aproximadamente 10.000 participantes (60 pastores e presbíteros).
footnotes =
website =
A Igreja Cristã Reformada Avivalista (ICRA) é uma igreja protestante, autodenominada reformada, mas com características pentecostais, e continuísta. Sediada em Vila Velha, no Estado do Espírito Santo, está presente em doze (12) Estados Brasileiros e no Distrito Federal. Além do Brasil, está presente em treze países (Argentina, Bélgica, Bolívia, Canadá, Chile, Espanha, Estados Unidos da América, França, Itália, Portugal e Reino Unido). Foi fundada em 10 de agosto de 2020 após sua separação da Igreja Cristã Maranata.
A estrutura admirativa da Igreja prevê a existência de diversos departamentos como departamentos de evangelismo, louvor, ensino Bíblico, infantil e de adolescentes, jovens e trabalhos de assistência social. Será governada pelo Conselho Eclesiástico, formado por membros (pastores ou não). Adotará um sistema de Igrejas filiadas, de modo que todas as igrejas a ela vinculada estarão associadas à sede em Vila Velha.

História

Aos 9 de agosto de 2020, a Igreja Cristã Maranata anunciou o desligamento do pastor José de Anchieta Fraga Carvalho{{Citar web url=http://www3.al.es.gov.br/spl2/processo.aspx?id=59920 titulo=ALES DIGITAL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA - ES acessodata=2020-09-15 website=www3.al.es.gov.br lingua=pt-br , membro do Conselho Presbiteral, , que confirmou o anúncio no mesmo dia, e anunciou a fundação de uma nova denominação no dia 10 do mesmo mês de agosto de 2020. No primeiro mês de sua fundação a igreja contava com vinte e três (23) congregações.
Alguns pastores o acompanharam nesta cisão, bem como membros influentes, como a cantora Rebeca Storck, veterana (1ª e 2ª formação) do "Quarteto Virtude" da Igreja Cristã Maranata. Esta formou juntamente com outra dissidente daquele Quarteto, Ana Cláudia Santana, uma dupla, com apoio da Igreja Cristã Reformada, no fim de outubro de 2020, chamado "Primeira Essência".
O surgimento da Igreja Cristã Reformada é um reflexo do êxodo no meio protestante, mais precisamente na década de 2010, de protestantes pentecostais para o protestantismo reformado.
Até o fim de setembro, trinta e oito (38) pastores e quatro (4) presbíteros, além de diáconos e obreiros, desligados, majoritariamente da Igreja Cristã Maranata e da Assembleias de Deus no Brasil, já tinham aderido à denominação, além de cinquenta (50) ex-membros da "Maranatha Christian Church of America" (vinculada à brasileira Igreja Cristã Maranata) de Boston e Orlando.

Crença

A Igreja Cristã Reformada, desde outubro de 2020, afirma ser “reformada” e “avivalista“{{Citar web url=https://igrejacristareformada.com.br/ titulo=Igreja Cristã Reformada Avivalista ICR Site Oficial data=2020-09-20 acessodata=2020-10-15 website=IGREJA CRISTA REFORMADA lingua=pt-PT, sem, no entanto, especificar se o termo “reformada” tem vínculo com o calvinismo, conforme o novo entendimento da expressão na modernidade. O que entende é que é “reformada” em virtude da centralidade e primazia da Bíblia nos cultos.
Professa publicamente , ainda, que crê nas seguintes afirmações, “ipsis literis”:
  1. Crê “que a bíblia é o livro inspirado pelo Espírito Santo, do primeiro versículo do gênesis ao último versículo do apocalipse, razão pela qual é inerrante, infalível e a única regra de fé e prática da igreja”;
  2. Crê “que o homem, em seu estado pecaminoso e caído, não é capaz de e por si mesmo querer, pensar ou fazer algo para salvar-se. Somente a intervenção direta de Deus pode mudar esta situação”;
  3. Crê “que Jesus Cristo é o único mediador entre Deus e os homens e que a salvação é somente pela graça e por meio da fé”;
  4. Crê “que a igreja é o corpo de Cristo, cujos membros são os salvos pela fé em Jesus Cristo e santificados pelo Espírito Santo”;
  5. Crê “em um único Deus criador e sustentador do universo, que não teve princípio e nem terá fim porque é eterno, o qual existe e subsiste em três pessoas: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo”;
  6. Crê “que o preço da nossa redenção é o sangue de Jesus Cristo derramado naquela amarga cruz. Ali, Ele rasgou o escrito de dívida que era contra nós e nos comprou para sermos Suas ovelhas”;
  7. Crê “que os regenerados por Cristo devem ser batizados nas águas como testemunho público de que morreram para o mundo e, agora, vivem para Cristo”;
  8. Crê “no batismo com o Espírito Santo como sendo o penhor da nossa herança e um revestimento de poder para testemunharmos de Jesus Cristo”;
  9. Crê “que o Senhor Jesus Cristo virá arrebatar a igreja, momento em que o nosso corpo abatido será transformado conforme o Seu corpo glorioso”.

Doutrinas

A Igreja Cristã Reformada Avivalista ainda tem estruturado sua doutrina, a fim de que adeque a teologia aprendida pelos que a ela se juntam com o que de fato se entende por Fé Reformada. A denominação é continuísta, isto é, diferente do cessacionismo, crê na continuação dos chamados "dons extraordinários" do Espírito Santo, previstos no começo da Primeira Carta de Paulo aos Coríntios, capítulo 12, especialmente visões, sonhos, variedade de línguas (glossolalia) e curas, sem, no entanto, dar ênfase a essas manifestações no culto público.
Declara que jejuns, determinada quantidade de cultos e orações às madrugadas não terão caráter obrigatório, estando na faculdade do pastor da igreja local e do próprio membro. Ademais, reitera que as igrejas filiadas terão autonomia na condução própria de seus membros, quase como que numa espécie de "federalismo". Afirma, também, que a ênfase maior do culto será a Bíblia, isto é, louvores e possíveis manifestações espirituais extraordinárias não sobrepujariam à exposição Bíblica.
Quanto ao ensino do “Clamor pelo Sangue de Jesus” (doutrina exclusiva da Igreja Cristã Maranata, isto é, a exigência de pronunciar “clamamos pelo poder no Sangue de Jesus” antes e após quaisquer orações), o posicionamento da Igreja Cristã Reformada Avivalista reafirma, como os demais evangélicos, a crença no poder do sangue de Jesus e na sua morte e ressureição, no entanto veda a obrigatoriedade de que os membros dirigiram-se através do referido ritual. Não proíbe que os membros orem desta forma, mas entendem que o Poder do Sangue de Jesus não está condicionado à verbalização das palavras “Clamamos pelo Sangue”. No demais, mantêm-se como os demais ramos do Protestantismo no que se refere a oração e confissão de pecados.
Quanto à doutrina icemita - da denominação que saíram - da “Consulta à Palavra (sic)”, pelo Protestantismo Tradicional entendido como “Bibliomancia” adotada pela Igreja Maranata, a Igreja Cristã Reformada já se posicionou que, pela falta de embasamento sólido Bíblico, esta prática não será tida como doutrina, de modo que constitui-se como experiência individual de cada indivíduo no seu particular. O objetivo é que os membros busquem as respostas de Deus primordialmente através da leitura e da meditação das Divinas Escrituras, não descartando os meios atípicos de manifestações e revelação divinas.
Por fim, apesar de intitulada "Reformada", alega que o termo não faz referência ao Calvinismo, mas à Reforma Protestante, como se o objetivo da denominação fosse um retorno aos princípios de Martinho Lutero, João Calvino e Ulrico Zuínglio, além de enfoque na chamada Pregação Expositiva, não restando clara sua posição quanto à soteriologia adotada, haja vista que está em fase de consolidação doutrinária. A utilização do termo "Avivalista" faz referência aos avivalistas dos séculos passados, destacando-se Jonathan Edwards, John Wesley, George Whitefield, Charles Finney e outros.

Estrutura

A Igreja é subdividida em departamentos supervisionados por membros nas igrejas federadas, que deverão esmerar-se no ensino Bíblico: Departamento Infantil, Departamento Infanto-Juvenil, Departamento dos Jovens. A Sede, em Vila Velha centralizará e concentrará todas as decisões e as igrejas filiadas terão autonomia parcial para gestão local de ensino e demais atos internos.
Ademais, a igreja filiada deverá compartilhar senhas das redes sociais e adotar email corporativo , haja vista que todo o ambiente virtual pertencerá a sede em Vila Velha. Vinte por cento (20%) da arrecadação dos dízimos e ofertas serao enviados à Sede.

Liderança

Presidência

Segundo o Estatuto da Igreja Cristã Reformada Avivalista, os presidentes serão eleitos para exercerem um mandato de dois (2) anos, sendo possível apenas uma reeleição por igual período. Segue, portanto, a lista de Presidentes da ICRA:
{ class="wikitable"
!Pastor Presidente!!Mandato(s)
-
Pr. Arnaldo Ochotorena Penna2020-presente
-

Conselho Eclesiástico

É formado por membros da Igreja Cristã Reformada Avivalista, pastores ou não:
  1. Pr. Arnaldo Ochotorena Penna - Presidente;
  2. Celso Monteiro Berlinck;
  3. Eduardo Costa Ladeira;
  4. Diác. Gabriel de Souza Carvalho;
  5. Pr. José de Anchieta Fraga Carvalho;
  6. Luan Rafael Passos Gonçalves;
  7. Pr. Nilson de Pinho Ladeira;
  8. Rodrigo Ferreira Monteiro;
  9. Tiago Silva Santos.

Localidades

{ class="wikitable"
!País
!Estado/Província
!Municípios
-
Brasil
Alagoas
Maceió
-
Brasil
Bahia
Eunápolis, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Itamaraju, Porto Seguro, Salvador, Vitória da Conquista.
-
Brasil
Distrito Federal
Brasília
-
Brasil
Espírito Santo
Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Conceição da Barra, Guarapari, Iconha, Linhares, Marataízes, Marechal Floriano, Pedro Canário, Piúma, Rio Novo do Sul, São Gabriel da Palha, São Mateus, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha, Vitória
-
Brasil
Goiás
Goiânia
-
Brasil
Maranhão
São José de Ribamar, São Luís
-
Brasil
Minas Gerais
Barão de Cocais, Belo Horizonte, Betim, Caratinga, Conselheiro Lafaiete, Contagem, Formiga, Governador Valadares, Ipatinga, Januária, Juiz de Fora, Muriaé, Nanuque, Santa Bárbara, Teófilo Otoni
-
Brasil
Paraná
Curitiba, Marmeleiro
-
Brasil
Rio de Janeiro
Angra dos Reis, Baixada Fluminense, Barra do Piraí, Barra Mansa, Campos dos Goytacazes, Itatiaia, Maricá, Mesquita, Paraíba do Sul, Região dos Lagos, Resende, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Teresópolis, Três Rios, Volta Redonda
-
Brasil
Rio Grande do Sul
Dom Pedrito, Ijuí, São Gabriel, Passo Fundo, Porto Alegre
-
Brasil
Santa Catarina
Florianópolis
-
Brasil
São Paulo
Baixada Santista, Caçapava, Guaratinguetá, Jundiaí, Lorena, Mogi Mirim, São José dos Campos, São Paulo
-
Bolívia
Cercado
Cochabamba
-
Chile
Santiago
Santiago
-
Espanha
Flórida
Orlando
-
Estados Unidos da América
Comunidade de Madrid
Madrid
-
Estados Unidos da América
Massachusetts
Boston, Cabo Cod
-
Estados Unidos da América
Nevada
Las Vegas
-
Portugal
Setúbal
Corroios (Seixal)
-
Reino Unido
Inglaterra
Londres
-

Cisões

Nos primeiros meses de existência , a ICRA já conta contou com duas cisões. A primeira ocorreu em Belo Horizonte, entre setembro e outubro de 2020, dando início à Igreja Filadélfia Avivalista, sob liderança do Pr. Nélio Soares, seguindo a Tradição Reformada, ainda que continuacionista.
A segunda cisão (termo técnico, uma vez que, segundo a liderança, o desligamento da igreja de Terra Vermelha foi “pacífica”) foi em novembro de 2020, ocasião em que a ICR de Terra Vermelha, a primeira Igreja da ICRA, deu origem à Igreja Evangélica Renovados em Cristo, sob a primazia dos antigos membros da liderança da ICR, Pr. Ronaldo Rodrigues, Pr. Luiz Carlos de Siqueira e Pr. Adriano Domingos Bernardo dos Santos, a fim de que adotassem outro modelo quanto à administração, além de seguir uma orientação pentecostal reformada. Aos 23 de novembro de 2020, o então Presidente Pr. Arnaldo Penna, juntamente com o Pr. Anchieta Carvalho, afirmaram que manteriam boas relações com a IERC, inclusive que aceitariam que os pastores desta pregassem em templos da ICRA, por exemplo. Como fundamentação, Pr. Anchieta comparou a cisão com a divisão entre George Whitefield (que seguiu o Calvinismo) e John Wesley (que seguiu o Arminianismo).

Ligações externas


  • Categoria:Denominações pentecostais reformadas no Brasil
     
    Comentários

    Ainda não há comentários




    visto pela última vez
    a maioria das visitas